CHINA…Capítulo I : Beijing, Ping yao e Xian!

Bom dia! Hoje vou contar um pouco sobre o que vimos e vivemos na China! Afinal foram um mês e meio na China sem incluir Hong Kong em mais dez dias, portanto acredito que foi possível sentir um pouco da cultura Chinesa e participar dela também!

DSC08014

Vou dividir em pelo menos dois posts pois fizemos muita coisa legal e fomos para várias cidades.

Chegamos sem saber muito como seria pois culturalmente é muito diferente, a comida sempre foi uma dúvida para quem nunca veio e queríamos principalmente ver como são e pensam as pessoas em um país com o regime político diferente do nosso.

Só para resumir, a cultura é de fato muito diferente e os chineses têm seus próprios hábitos que ao nosso ver podem ser extremamente estranhos mas quando se faz uma viagem assim não podemos esquecer jamais de abrir a mente e entender que se trata da cultura de cada país. Eles nos acolheram muito bem e temos muito o que agradecer a todos que passaram pelo nosso caminho e nos ajudaram quando. Até mesmo nas ruas  sempre queriam conversar conosco e tirar fotos.Pudemos conversar sobre muita coisa, inclusive sobre o que pensavam sobre o governo e pudemos ver que a China é muito criticada pelos demais países por seu regime político e estando aqui vimos que pelo menos dessa forma muitas coisas funcionam. Claro que pudemos perceber muita coisa negativa também como em todo lugar mas essas questões políticas cada um tem uma opinião e não vou me aprofundar no assunto manifestando a minha.

DSC08150

Quando estávamos na China percebi que muitos amigos tinham a curiosidade de saber se alguns hábitos diferentes e “engraçados” dos chineses realmente acontecem como por exemplo cuspir no chão em qualquer lugar, a resposta é sim inclusive dentro do ônibus ( sem generalização claro), arrotar é normal , empurra – empurra em metrôs e estações de trem também dentre outras coisas , mas entendendo que tudo isso é cultural é perfeitamente normal! O banheiro oriental virou a nossa preferência e quase nos esquecemos como é comer de garfo e faca!

Mas agora vamos ao roteiro!Chegamos em Pequim (Beijing) pela transiberiana no dia 11 outubro e ficamos em um hostel pois tudo é muito caro lá. O hostel era nos hutongs e foi muito legal ficar nessa região tão tradicional de Pequim que infelizmente grande parte vem sendo demolido para construções  de prédios modernos.Andamos muito pela cidade, muito mesmo! Uma das maneiras para mim de conhecer cada lugar que vamos é simplesmente caminhar pela cidade observando tudo, sentar em algum lugar e observar o vai e vem das pessoas.

Logo já sentimos a energia: incontáveis bicicletas e motos passando pelas ruas (pela area reservada para eles e pela calçada) buzinando sem parar, aliás os carros também, nós ficamos surpresos como usam muito a buzina na China para qualquer situação.De vez em quando é desesperador mas ao mesmo tempo engraçado! Vimos diversas barraquinhas minúsculas vendendo de tudo também.

Foi o lugar aonde mais gostamos da comida! Deliciosa e para todos os bolsos. Eu sou curiosa tudo o que via e que nunca havia visto queria provar,inclusive escorpião! Foi o paraíso dos dumplings, noodles , tofus maravilhosos (quase todo dia), muitos vegetais  e frutas. Portanto quem vai para a China com medo de não gostar da comida esta bem enganado! O único problema é quando não tem fotos nos restaurantes, ai andávamos um pouco mais ou pedíamos algo igual ao que víamos nos pratos dos demais clientes rs.

Bom, Beijing( Pequim) é muito legal! O corre corre nos lembra muito São Paulo, a poluição também ou até mais mas todo o resto é diferente! Uma loucura de buzinas e pessoas. De pontos turísticos visitamos o famoso mercado de rua ( durante a noite), o Summer Palace, Cidade Proibida e claro, a Grande Muralha!

DSC07600

O engraçado é que você sai de uma avenida super moderna e recheada de lojas caríssimas, e ao lado estão as street markets, ruelas apertadinhas com uma barraquinha ao lado da outra vendendo vários tipos de comida e petiscos ,lotada de pessoas e aromas. Aromas maravilhosos e outros não tão maravilhoso assim!

Fomos também ao Summer Palace que é lindo mas assim como as outras atrações também é muito lotado de turistas ( a grande maioria chineses) mas ainda assim vale a pena, era a residência de verão do imperador!

DSC07696 DSC07737

O ponto alto de Beijing para nós foi a Grande Muralha! Decidimos ir até ela através de uma região bem menos turística e mais afastada da cidade,vale muito a pena fugir da multidão.

Depois de um ônibus e um taxi o motorista nos deixou aos pés da muralha e lá fomos nós, quatro horas e 10 km subindo a muralha, MARAVILHADOS! Sempre tive, e o Dada também, vontade de conhecer esse lugar e não foi decepcionante! Superou expectativas, ela é imensa e reina soberana,a perder de vista!

DSC08001


DSC08071

 

DSC08017

Visitamos também a famosa e conhecida Cidade Proibida, confesso que achei muito mais legal vê-la do topo de um templo que existe no parque ao final da cidade do que vê-la estando dentro dela. Muita gente ali, muita gente mesmo!!!! O legal para mim foi ver de fora a imensidão da Cidade Proibida!

DSC07780

Foi lá que comemoramos o meu aniversário também e mais um mês de viagem, no famoso restaurante aonde a especialidade é o pato laqueado! Esse restaurante surgiu ainda na época da China imperial e o pato laqueado feito nele era servido unicamente e especialmente ao imperador e sua família. Hoje em dia é um restaurante super tradicional e maravilhoso! Abrimos um pouco o bolso dessa vez pois achamos que valia muito a pena e tínhamos que comemorar.

De Pequim fomos passar o domingo com a família do Deavan, um chinês que conhecemos na Mongólia e virou nosso amigo que nos convidou para ficar na casa dele em sua cidade chamada Yangquan .Foi incrível!Além da experiência de conhecer de pertinho uma família chinesa fomos absurdamente bem recebidos e os pais dele são demais!

DSC08120

Viajamos com ele para a cidade antiga de Ping yao, cerca de 715 km de Pequim na província de Taiyuan. Ping Yao é um exemplo excepcionalmente bem preservado de uma cidade tradicional das dinastias do sec. XIV, é minúscula e bem interessante. Dali pegamos o trem para Xian, cidade que eu particularmente amei!!!

DSC08160

Pingyao

Pingyao, Dadá não fdeixou por menos!

Pingyao, Dadá não deixou por menos!

Menos conhecida pelos turista ocidentais, Xian é uma cidade, capital da província de Shaanxi, foi capital da China por várias dinastias e final da rota da seda e acabou sendo uma cidade multicultural. A muralha que cerca a cidade antiga é super bem preservada! Alugamos uma bicicleta e pedalamos do alto da muralha.

Xian

Xian

DSC08304

Lá fica situado o Terracotta Warriors Army, uma imensidão de estátuas que representavam o exército na dinastia de Qin Shi Huang e que foram enterradas com o objetivo de proteger o imperador após a sua morte. Acreditam que ali se encontram mais de oito mil estátuas, porém somente uma parte dela já foi escavada. Para ser bem franca achei que deixou um pouco a desejar e a multidão de turistas tirou um pouco o brilho do local mas para quem esta aqui vale a pena conhecer!

Depois visitamos ( por algumas vezes) a região muçulmana da cidade, lotada de snacks que o Dada particularmente adorou, vejam na foto o motivo,visitamos inclusive uma mesquita e em uma das ruelas indo para esta mesquita passamos em frente a uma casa aonde estava acontecendo um casamento e para nossa supresa nos convidaram para entrar e foi aquela loucura de todos querendo tirar fotos bem felize!rs. Foi bem interessante ver uma noiva chinesa e muçulmana com todos os trajes tradicionais. Ganhamos uns docinhos e continuamos nossa caminhada pela rua de snacks de Xian, imensa, lotada de coisas boas! 

Chineses muçulmanos

Chineses muçulmanos

Dadazinho amando os snacks!

Dadazinho amando a lula!

DSC08549 2

De Xian eu e o Da fomos para Chengdu, terra da maior fofura do mundo, os pandas gigantes! Mas sobre eles vou escrever no próximo capítulo!! Quero é contar do trem que pegamos até la, foram 16 horas de tortura pois decidimos desta vez não comprar uma cama e sim viajar sentados na poltrona convencional. Quando entramos e vimos como seria foi triste! Três pessoas sentadas apertadinhas de frente para mais três, totalmente desconfortável, bebês chorando, cheirão de noodles no ar( típico de trens) e o cigarro pois sempre tem alguém que insiste em fumar dentro do vagão. Mas o ponto alto foi quando eu vi algo passando na parede ao meu lado e advinhem? Uma baratinha! Fiquei angustiada e matei ouvindo o Da dizendo “ahhh amor é só um besouro asiático caipira”, aliás com quem será que ele aprendeu essa em Guilherme e Bianca?!? Mas ao final vimos que se for necessário viajar assim denovo ninguém vai morrer por isso!

Agora mais algumas fotos!

Beijing

Beijing

DSC07670

Summer Pacale!

 

Xian

Xian

DSC08476 2

Xian

 



DSC08147

DSC08101

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s